sábado, 22 de maio de 2010

Contar para quem mais te ama

- Filha, mamãe está doente. Vou fazer um tratamento que vai demorar e faz cair o cabelo.
- Mas vc vai sair careca na rua?
- Não, vou usar peruca ou um lenço
- Ah, bom. Mas é muito sério?
- Bem..., muito, não, mas é sério.
Não sabia como contar para uma menininha de 9 anos . Foi assim que eu contei. Mas depois fiquei pensando que não disse a palavra câncer. Essa palavra cheia de estigma e o que eu estava fazendo em omiti-la era só aumentar esse fantasma horrível e assustador do que não é falado.
No dia seguinte...
- Filha, sabe qual é nome da doença da mamãe?
- Não
- Câncer, tipo o signo do papai.
- Ah ... tá.
Manuela não fala muito sobre seus medos e problemas. Não tocou mais no assunto, até que um dia me disse:
- Mãe, posso ir com um lenço igual ao seu para escola?
- Por que?
- Porque é muito legal.
Foi o jeito que ela arranjou de me dizer como está ao meu lado nessa. Chorei só um pouco, HOOOOORAS sem parar. Linda.

Ninguém tinha coragem de contar pra minha mãe. Ela tem 83 anos, é apavorada e não fala a palavra câncer. Só que todos sabiam, menos ela e meu pai de 90 anos. Como pela idade ele está senil, não nos preocupou tanto. Não agüentava mais e contei assim que ela chegou para me visitar. O ser humano nos surpreende. Ela foi uma fortaleza, não se deixou abater, tem total convicção da minha cura e é claro não sai do meu lado. Haja sopinha. Já papai doidão começou a chorar como nenhuma de nós havíamos visto na vida...

13 comentários:

  1. Que linda a Manu! to com saudade de vc !

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sacada da Manu! Filha de peixinha, peixinha é!

    ResponderExcluir
  3. Ah! Queria poder estar agora no Rio com vocês. Pena não conseguir ir com Gabriel, acho que nunca trabalhei tanto em toda minha vida.
    Queria ver a carequinha de perto, deve estar bem estilosa, a imagem da intensa Sinead O'conor sempre me encantou. Lenços também são de uma elegância ímpar.

    Os pais e vôs realmente surpreendem, quando minha vó faleceu, foi a primeira vez que vi ele chorar, como nunca vi um homem chorar antes...

    ResponderExcluir
  4. querida!
    filho da gente é tuuudo!!Se alimente bastante deste amor e do amor de sua família, este é o melhor remédio pra sua cura! mesmo sendo dificil use este humor maravilhoso que vc tem pra te ajudar a passar por este momento...
    bj grande e muita energia positiva!
    alice borges

    ResponderExcluir
  5. ahh que lindo!! me emocionei com sua filha!!!!
    bjsssss Márcia
    Andréa Mattar

    ResponderExcluir
  6. Ai chorei!! Toda sorte e energia positiva do mundo pra vc!!
    Que família iluminada!!

    ResponderExcluir
  7. Sempre fui fã da Manu. Mas, depois desse comentário... Nossa! Que linda mistura de amôr, inteligência e espírito.
    Todo meu carinho,
    Claudia (mãe do Bento)

    ResponderExcluir
  8. Há 11 anos atrás ouvi um médico dizer que tinha câncer e imediatamente pensei " vou morrer". O tempo passou e hoje estou curada. Tenho certeza que você vai sair dessa e depois disso vai viver a vida de forma diferente, muito mais intensamente, mais feliz. Força , coragem e fé!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, a gente que é mãe se emociona demais qnd lê ou ouve esse tipo de reação das crianças. Estou aqui encantada com a maturidade e presença de espírito dessa menininha!!!

    Deus está contigo e essa foi apenas mais uma forma que Ele usou de te mostrar o qt te ama, inspirando a Manu e emocionando a todos nós!
    Beijos a vcs duas, Drika :)

    ResponderExcluir
  10. Tenho uma Manú tb!!!!!! E chorei,chorei..Chorei de emoção,e sentir a snsibilidade dessa sua princesa!!!!
    Vc vai vencer essa luta,por vc,po seus pais,por seus amigos e principalmnte por ela,SUA MANÚ!!!!!!!!!!
    Estarei sempre aqui,te mandando energia positiva viu???
    Beijokas com carinho

    ResponderExcluir
  11. Que fofa sua filha ! Realmente deve ser uma barra falar isso para um filho.

    ResponderExcluir
  12. difícil é quando a gente deixa de ser criança, e é quem tem que contar pra própria mãe que ela tem a doença. tenho a mesma sorte da sua filhota, de ter uma guerreira pra mostrar exemplo.

    ResponderExcluir