quinta-feira, 30 de setembro de 2010

a desencanada

Em maio eu escrevi um post sobre minhas queridas amigas. Observei seus comportamentos e dei um apelido para cada uma. A primeira foi "desencanada". aquela menos impressionada, sempre disposta a me acompanhar nos exames importantes e sempre com total certeza que tudo iria dar certo. Ninguém sabe, só eu mesma o quanto ela foi e é importante nesta fase tão difícil da minha vida. Muito bom ouvir suas histórias amorosas e ganhar seus presentes.
Só que por uma ironia louca do destino ela também está doente. Quer dizer, não está mais, já operou e está fazendo quimio. E eu ... agora do lado de cá e do lado de lá, totalmente tonta sem saber direito o que fazer e querendo ser pelo menos um pouquinho maravilhosa como ela foi comigo. Mas ... é só esperar um pouco, daqui a um tempo, vamos posar para uma foto bem linda com o cabelo bem comprido!

20 comentários:

  1. meu bem, com essa energia você pode posar pra foto de cabelo comprido, curto, de lenço, do jeito que você quiser, que ficara ótimo. Tô te vendo nesse exato momento rs, no canal viva, por um acaso, é um episódio que você, araci e luis gustavo tiveram uma crise de riso super gostosa quando o miguel entra em cena de toalha.Espero que esse sorriso, essa gargalhada que acabei de ver sempre esteja em sua vida, você nasceu pra sorrir garota, e assim será, tenho certeza. Você mora em Niterói né? ou estou totalmente enganada?rs , bom, se for, queria saber onde é bacana de morar por ai, onde é mais tranquilo, provavelmente mude para o rio daqui a um tempo e pensei em Niterói, se tiver um tempinho e puder me dar umas dicas, meu email é yasmimkayat@gmail.com
    Sei que é chato ficar escrevendo todo dia, mas confesso que todo dia desde o último post entrei aqui, dá saudades quando você não escreve. Enfim é isso.
    Ah, e quando for morar por ai e te encontrar na rua, tenho certeza que vou te ver super bem, com um cabelão gigante, de regata, linda e feliz.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Marcia, olá!!
    Quero te agradecer por me proporcionar deliciosos momentos de alegria lendo os posts do teu blog. Há exatamente uma semana atrás estava na sala de cirurgia, retirando um "carcinoma ductal infiltrante de grau III" (nomão, hein!!!) na mama direita.
    O dia de hoje tinha começado bem emburrado... tava me sentindo perdida, chatinha, invadida, de "blé"... Ler os posts trouxe um ânimo legal pro dia (até o sol apareceu na janela!!!!) e assim, dedilhando com a mão esquerda (por enquanto), vou te deixando milhões de beijos!
    Obrigada por existir!
    =0)

    ResponderExcluir
  3. Oii, o destino as vezes nos prega cada peça...desejo a você e à ela muita força e pensamento positivo!!!!
    beijão
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi querida,
    Fui te assistir no sábado e fiquei com o André esperando vc sair. Mas o Edwin me disse que vc saía batida sem falar com o povo, rsrsrsrsr.Eu entendo total!
    Queria te dizer que amei te ver e rimos muito. Que bom te ver no palco, ele é mágico e "cura"qualquer coisa. O Edwin me disse que vc teve ótimas notícias, que bom, estamos super na torcida!!!
    um grande beijo
    Andrea V

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi Marcia td bem?
    estava preoupada pq vc nunca mais postou(apesar de ler seu blog há 3 dias). Já disse e vou repetir: eu amo seu blog, leio todas os seus posts, todos eles e todo dia vejo vc como Neide Aparecida no Canal Viva(as vezes fico rindo sozinha lembrando de suas tiradas). Morro de rir com vc e vou tentar ver Sete Pecados(ñ gostei dessa novela)só p/ ver vc. E tbm estou rezando por vc. Bem q Tango,bolero e tcha, tcha, tcha podia ficar em cartaz em Niterói.
    Um Beijão
    Melhoras, tô torcendo por vc
    Karine

    ResponderExcluir
  8. Querida Marcia; vc é uma bençao cheia de luz e coragem..cada dia mais te admiro e nao canso de rever o programinha mais maluketes da tv.Deus está ao seu lado

    ResponderExcluir
  9. Marcia

    Pelo que li aqui no blog,você voltou ao teatro.Vou ver se na proxima semana vou te ver.
    Meu cabelo está crescendo e minhas sobrancelhas tambem.Estou gordinha,58 kg,bem diferente dos 49.
    Bjs
    Mara

    ResponderExcluir
  10. Muito linda sua energia e seu exemplo! Cada dia que passa me encanto mais com você, desde quando você surgiu na minha vida no Sai de Baixo!
    Fiz uma matéria sobre seu blog no meu, espero que possa dar uma olhada depois...^^

    http://bloglinguassoltas.blogspot.com/2010/10/forca-na-peruca.html

    ResponderExcluir
  11. Que textos lindos Márcia!! Sempre passo por aqui mas nunca tinha comentado. Te desejo um mundo de coisas boas, amor, paz, saúde, sucesso... torcendo pra vc ficar curada!
    Te vejo todo dia no sai de baixo, é a melhor!!! Espero ver vc no palco ao vivo um dia. beijo grande. De um fã sua bem de longe. Glauce/Natal_RN

    ResponderExcluir
  12. Marcia, desculpa o comentário meio "nada a ver" com o blog, mas sou estudante de jornalismo e meu TCC é um livro sobre o Sai de Baixo... queria entrevistá-la! Já falei com alguns colegas seus de elenco.
    falaria comigo? danilous2@gmail.com

    obrigado
    Danilo

    ResponderExcluir
  13. Marcia! Viva cada dia como se fosse único...eu tive essa expeirencia, fiquei por 10 anos sob controle, temerosa...
    Hoje 18 anos depois, vivo tranquila, nao me esqueço da apreensão daqueles dias, porem nao temo mais nada.

    Voce tambem vai chegar aqui, linda, suave, serena e muito maior.
    beijo com carinho

    ResponderExcluir
  14. Márcia,seu blog dá um"up"no meu dia a dia.Entendo que nem sempre há disposição para escrever,tudo bem,eu espero.Seu humor é delícia.Meu filho trabalhou com vc em "7 PECADOS".Eu faço tratamento na Barra com Dr. Eduardo,gostaria de me comunicar com vc,meu E-mail:dianafernandes@gmail.com.Gostaria de ver sua peça,mas,estou com a imunidade lá no pé,por conta disso evito sair à noite.Muitos bjsss,boa sorte e quanto a "Superbonita",quem sabe não repensam e te chamam?Se não,DELETA.Siga desse seu jeito,vc é ÓTIMA!!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Márcia!

    Descobri seu blog no site da Isto É. Quando li uma parte de sua entrevista onde fala que o paciente é "responsabilizado" pela doença e sua cura, senti uma vontade enorme de vir aqui escrever pra você. Foram muitos os casos de câncer na minha família, mais recentemente, com meu pai e, uma das partes mais difíceis do processo, é lidar com o olhar dos outros. Sempre tem uma culpa inserida, mesmo que subjetivamente, um tom de punição, de castigo, o qual não se encaixa nenhum pouco com a doença.
    Há alguns anos, um amigo querido descobriu ser soro-positivo e, num impulso solidário e meio desesperado, saí pesquisando coisas a respeito e encontrei um livro maravilhoso da Susan Sontag: a doença enquanto metáfora. Alí, ela trata o câncer e o HIV de uma maneira incrível, falando sobre os pesos sociais que as acompanham, sugerindo um olhar mais leve e maduro. Se puder, leia.
    No mais, espero que você melhore logo e que essa tua energia luminosa continue contagiando as pessoas positivamente. Acredito que esse tipo de situação deve exercer um papel transformador nas nossas vidas, mas também motivar isso na vida dos outros, porque no fim das contas, ser um bom exemplo é sempre bom.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  16. Oi Marcia, há muito estou esperando notícias suas, ansioso para ve-la toda toda na TV novamente. Sou super fã do seu trabalho que por morar distante dos teatros e cinemas posso acompanhar matando as saudades da sua Neide Aparecida no VIVA. Saiba que estamos torcendo e rezando por você sempre. Bjus
    PS. Adorei o blog, parabéns

    ResponderExcluir
  17. oi Márcia!
    Amei a entrevista. parabéns vc é uma grande mulher!bjs
    Carla

    ResponderExcluir
  18. Oi Márcia. Também li sua entrevista e parabenizo pela sua força e iniciativa. Concordo com tudo o que vc disse, e tenha certeza que seus comentários auxiliarão a muitos heróis anônimos que enfrentam o dia-a-dia do tratamento contra a doença. Sou psicóloga, especialista em psico-oncologia e já verifiquei muitas coisas que vc disse entre meus pacientes! Se me permiti, gostaria de sugerir a leitura do livro "A doença como metáfora" de Susan Sontag que ele fala justamente sobre a culpabilização do paciente portador de câncer. Muita luz pra vc! :)

    Giselle Silva - giselle_psicologia@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  19. Em 30 de setembro, completei um ano de cirurgia..ja havia terminado até a quimio, a oncologista deu-me alta, plena, total e irrestrita....rsrsr
    Veio o cirurgião, e disse-me: apos os 4 anos de acompanhamento, conversaremos...rsrsr
    Eu que havia esquecido; antes da cirurgia, ja havia me dito: serão 5 anos de acompanhamento.
    Esta é a sina de quem opera qquer tumor.

    ResponderExcluir